CV

Fernando Jorge

Alexandra Baldaque

 

 

 

 

 

 

 

Com formação inicial nas danças modernas e latinas, dançam e estudam o Tango desde 1995, com alguns dos maiores “maestros” e bailarinos da actualidade (Gustavo Naveira, Osvaldo Zotto, Lorena Ermocida, Guillermina Quiroga, Carlos Gavito, Geraldine Rojas, Javier Rodriguez, Julio Balmaceda, Corina de la Rosa, Pablo Veron, Carlitos Perez, Jorge Dispari, Maria del Carmen Romero, entre muitos outros).

São membros do “IDO - International Dancing Organization”, membros fundadores da “Academia Internacional de Tango Argentino” e foram pioneiros na organização de Festivais Internacionais de Tango em Portugal.

Pós-graduados em “Tango, Genealogia Política e Histórica” pela Universidade de Buenos Aires - UBA.

Premiados internacionalmente, Campeões da Europa de Tango de Salón 2011, representaram Portugal nos Campeonatos Europeus de 2010/2011, bem como em 6 Finais consecutivas de Campeonatos Mundiais de Tango em Buenos Aires e em 4 Finais do Campeonato Metropolitano de Buenos Aires.

1º   lugar no Campeonato Europeu de Tango Argentino 2011 - Torino (sob a égide do governo de Buenos Aires)

2º   lugar no Campeonato Europeu de Tango Argentino 2010 - Torino (sob a égide do governo de Buenos Aires)

14ª lugar no Campeonato Mundial de Tango 2010 - Buenos Aires 

15ª lugar no Campeonato Mundial de Tango 2011 - Buenos Aires  

16ª lugar no Campeonato Mundial de Tango 2012 - Buenos Aires  

10ª lugar no Campeonato Mundial de Tango 2003 - Rimini (sob a égide IDO)

Foram convidados a bailar em algumas das principais Milongas e Casas de Espectáculo de Buenos Aires e do Mundo:  Salón Canning, Sunderland, Círculo Trovador, Vida Mia, Flor de Milonga, Luna Park, Tango Porteño, La Trastienda, Teatro Coliseo, C.C. de San Martin. Palácio do Parlamento (Bucareste), Porchester Hall (Londres), Historische Stadthalle(Wuppertal), Gran Kursaal (San Sebastián), Palais de la Méditerranée(Nice), Centro Cultural de Belém, Casa da Música, Coliseu do Porto, Palácio da Bolsa do Porto, Centro de Artes da Figueira da Foz, Auditório de Lavra, Casa das Artes de Famalicão, Teatro Municipal Sá de Miranda e Teatro Sá da Bandeira.

Têm 19 anos de experiência de baile no Tango argentino, 13 anos de experiência no ensino e são responsáveis pela escola “Lição de Tango” no Porto. Organizam, anualmente e desde 2002, o Festival Internacional de Tango do Porto.

Participaram como maestros e bailarinos em diversos Festivais Internacionais de Tango no Mundo, em países como França, Bélgica, Alemanha, Roménia, Holanda, Itália, Inglaterra, Finlândia, Espanha, Rússia, Grécia, Turquia, China, India, Catar e Portugal.

A verdade da sua dança está na autenticidade e naturalidade com que improvisam os seus movimentos e passeiam a sua alma. Seguidores do estilo Villa Urquiza, o seu Tango é intenso e elegante.

Voltar/Return